Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

texto escrito no dia 16 de Setembro de 2011, depois de assistir um grupo se desfazer por falta de colaboração, então uma inquietação me motivou.

Di Sáthya Memorare

 

"

Sempre que entro em alguma agremiação, confraria ou grupo de qualquer espécie, me deparo com a questão da manutenção tida como um problema.

Geralmente o universo de pessoas que pululam em um determinado local, lá está porque algo lhes interessa, seja esse algo de cunho material, espiritual ou os dois, sempre haverá de beber da referida fonte, porque do contrario não faria nenhum sentido sua presença.

Mas de difícil entendimento é a motivação para a maioria que não admite custos ou incentivos de sua parte para que o local coexista.

A meu ver um conceito limitado e simplório do que seja uma fonte, pois como acontece com a própria natureza tudo que não for retroalimentado uma vez que é sugado, tenderá a extinguir-se.

Assim também entendo deva acontecer com os espaços que nos ofertam algo do nosso interesse. Eles devem ser supridos pelos que deles se alimentam.

Esse tema por demais debatido sempre aflora porque sempre será preciso recursos para a sustentação das casas, oficinas, escolas, centros, sejam eles virtuais ou concretados.

Dê de graça o que de graça recebeste, é o argumento mais corriqueiro, e esse de graça não é possível ser adequado a locais, e sim a pessoas, entidades, e mesmo assim se as virtudes que possuem forem naturais ou seja, já trazidas ao nascerem, porque se acaso precisaram estudar, pesquisar demandarem tempo para adquiri-las ou aperfeiçoá-las, deixaram de ser naturais e portanto o termo de graça cai por terra.

 

Muitas oportunidades são perdidas porque aquele que é capaz de promove-las não tem condições de manter sozinho uma estrutura e ainda servir com seu dom natural ou adquirido. 


Como fosse uma colmeia e a própria abelha rainha, sem a ajuda das milhares de abelhas operarias ou guardiãs que lhe possibilitassem o trabalho valoroso em prol da coletividade.

Então é tempo de pensarmos sobre esses espaços, os locais, as casas que nos proporcionam o que precisamos ou gostamos e em como podemos colaborar para não nos tornarmos pesados àqueles que portam as ferramentas, que promovem as curas, que detém os ensinamentos, para o aprendizado e crescimento de todos.

Usarmos medição para nossos interesses e redistribuir nosso poder monetário beneficiando locais onde homens de boa vontade atuam, e assim tomar parte como uma abelha operaria ou abelha rainha mas colaborando com nossa parte para que a colmeia sobreviva e o mel seja abundante.


Eu Sou Di Sáthya Memorare

Eu Sou Di Fátima

Eu Sou o que Eu Sou

 

 


Exibições: 1058

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Angela Maria Pinto de Queiroz em 26 setembro 2011 às 0:42

Concordo contigo, pois para a manutenção da instituição há despesas. Penso também que seja uma retribuição por todo o bem que recebemos destes locais. Nada mais justo do que colaborar, para não deixar perecer.

Há algum tempo, uma casa muito legal que frequentava fechou, em virtude das despesas que eram muitas (aluguel, água, luz, material etc...) por falta de colaboração. Foi uma pena. Um abraço.

Comentário de Joston Miguel Silva em 25 setembro 2011 às 23:04
Impossível e até injusto discordar de tão judiciosas observações que nos levam até a refletir sobre a importância divina do dízimo. Sabemos que existem os que têm uma relação psicológica complicada com dinheiro e subjetivamente se acham como que presos a uma quantidade fictícia que os levam a sentir que ainda não têm condições de contribuir, que doar uma ninharia é indigno e assim seguem presos a um conflito interminável. As alterninanceiras ativas oferecidas não os tocam suficientemente: mais livro, um presente, uma lembrança, arrematar objetos em leilão, comprar uma rifa... Nosso desafio está em descobrir como tocá-los. Felizmente eles são minoria e o barco continua a seguir seu rumo com os livres, dedicados e amantes da organização de vida e avivamento. Contudo, as oscilações devem ser previstas com medidas de base tipo a cobrança natural de mensalidades ou anuidades como compromisso inicial de co-participação. Joston
Comentário de marcus paulo pereira rebouças em 24 setembro 2011 às 16:42
acho justo colaborar,  o que e minimo , o máximo de cada consciência, o que e justo, o que e necessário, como fazemos para o todo funcionar, e possível estabelecer limites  o que também acho justo, sei que cumprirei o que prometi, acho que todos devem colaborar e salutar
Comentário de Silvana Rausis Fcachenco em 24 setembro 2011 às 2:13

Atuo há anos, no movimento reverso, ou seja, abrimos mão de nossos egos e atuamos profissional e pessoalmente através da Vontade,da Intenção.

Realizamos muito, cada vez mais, sem recursos, gerando recursos e sustentabilidade entre os que mais necessitam.

Por Deus, por Nós, Dá certo! E é uma alegria viver, ser, criar e multiplicar.

Comentário de Francisca Eugenia Araujo em 24 setembro 2011 às 0:34
Muito bem colocada as suas palavras,muita paz luz e amor, e não se preocupe pq tudo se resolvera. Como disse o irmão de luz Elisio Jose ainda estamos na terceirão dimensão.
Comentário de elciene maria tigre galindo em 24 setembro 2011 às 0:15

Concordo irmã de Luz Fátima!!!eis que sou uma das abelhinhas que sinto esses problema na pele, em quase todos os setores que venho interagindo,tento relevar as dificuldades e compreender que só podemos fazer o que está ao nosso alcance...mesmo assim ainda faço o possível e impossível para enfrentar as crises e falta de apoio...mesmo porque compreendo que nosso investimento moral, espiritual e psicológico para melhora dos irmãos são Dividas que temos com o Criador! Jesus fez o milagre da multiplicação do pão...nós podemos prover recursos usando a imaginação...Se Eu puder ajudar de alguma forma conte comigo ....Me desculpe!!!Obrigada!!Eu te amo!!!

Paz,luz,saúde e alegrias sempre para todos...

Assim seja!!!

Amém.

Comentário de anilmiranakreh.ELARION em 23 setembro 2011 às 20:43
MAS SE PRECISAR DE PILIM DIGA QUE EU FAÇO UM MEALHEIRO!!TUDO O QUE ME DER DE MATERIAL EU DEVOLVO DE VOLTA EM DOBRO!!!
Comentário de anilmiranakreh.ELARION em 23 setembro 2011 às 20:41
O coração não precisa de dinheiro e o universo!|?...tambêm não!!!!!
Comentário de Eulina Negromonte Nascimento em 23 setembro 2011 às 14:39
A VIDA é movimento constante e a nossa mente comum não compreende isto.  Todas as coisas aparentemente vêm e vão.  Isto é abundância.  Às vezes as coisas que aparentemente acabaram, se reapresentam numa outra forma, num outro lugar, através de outras pessoas.  Isto é 'fluir'.  E isto é maravilhoso, não é mesmo?
Comentário de Edna Maria Dias Tiburcio em 23 setembro 2011 às 12:21

Linda mensagem...Grata querida!

Qdo você esta no Coração...tudo flui maravilhosamente!

 

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2020   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço