Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

(Retirado do e-book A sabedoria de Salomão)

 

 "Então resolvi me divertir e gozar os prazeres da vida. Mas descobri que isso também é ilusão. Cheguei à conclusão de que o riso é tolice e de que o prazer não serve para nada. Procurei ainda descobrir qual a melhor maneira de viver e então resolvi me alegrar com o vinho e me divertir. Pensei que talvez fosse a melhor coisa que uma pessoa pode fazer durante a sua curta existência aqui na Terra. (2,1-3)."

 

  Estamos falando de ação universal. Todos os acontecimentos (atos) são ações universais. Somente ela existe como ação, o que quer dizer que todos os atos que acontecerem jamais poderiam deixar de acontecer.

 

 

  Entretanto, por trás da ação universal existe uma motivação. Essa é sujeita a interpretações, ou verdades diferenciadas. A motivação universal é o motivo pelo qual Deus comanda a ação. Quando o ser humano busca saber o que está acontecendo (resposta às perguntas como, por que, onde) forma uma verdade individual a partir da sua motivação individual.

 Expliquemos melhor. A motivação real é o objetivo da existência do ser e de todas as coisas (Universo). Deus possui uma perfeita compreensão do porque as coisas existem, para que acontecem e, por isso, conhece o objetivo de tudo que acontece. Já o ser humanizado não possui esse conhecimento e traça objetivos diferentes.

 O espírito, por exemplo, é um ser universal. Gerado por Deus no infinito do tempo e que irá existir por toda eternidade. O tempo que passa em uma carne (encarnado) é efêmero se compreendida toda sua existência espiritual. Deus sabe disso e objetiva todas as ações universais no sentido de proporcionar a esse ser o gozo eterno da glória espiritual.

 O ser humanizado, espírito encarnado, não vivencia essa realidade. Por mais espiritualizado que seja, vive sempre com a perspectiva da morte (fim ou transformação). Compreende apenas aquela existência carnal como o todo de sua vida e, por isso, objetiva o gozo da glória nesse período.

 Eis aí um exemplo da diferença de motivações. Deus possui a motivação universal quando comanda a ação universal. Já o ser humano utiliza a sua motivação individual quando forma suas novas verdades. Por causa dessa diferença de objetivos é que o ser humano sofre.

 A glória espiritual pode ser chamada de diversos nomes: paraíso, reino do céu ou de Deus, plano espiritual superior, Universo, nirvana. O nome não importa, mas o que se goza nela: a felicidade suprema, harmonia universal e paz. Assim, não podemos pensar nessa glória como alcançar um lugar, mas sim em viver com um estado de espírito. Chamamos ao estado de glória espiritual de felicidade universal.

 Um dos instrumentos que Deus possui para ajudar o ser a se purificar (evoluir) para viver esse estado de espírito é a encarnação. A motivação universal da encarnação é, portanto, levar o ser a viver a glória espiritual. Para isso Deus precisa acabar com as suas verdades individuais.

 Isso o ser não vê, pois não possui percepção. É preciso o amor a Deus acima de todas as coisas e a fé (confiança e entrega total) para sentir. Enquanto não possuir esses dois quesitos continuará achando que suas verdades são certas e buscará fazer com que todos vivam dentro delas, pois essa é a sua motivação individual.

 Quando isso ocorre, fica feliz. Na verdade não podemos chamar isso de felicidade, mas sim de satisfação ou prazer. A satisfação de ver suas verdades consideradas como únicas; o prazer de estar certo.

 O prazer é a glória terrena. Todo Universo conhece intuitivamente a verdade da necessidade de se aprimorar (ser feliz), mas o ser humanizado, que não conhece a felicidade universal, imagina que estando certo estará feliz. Acha que isso é evolução. A motivação individual do ser, portanto, é alcançar a satisfação, sentir o prazer.

 Como a ação universal não premia as verdades individuais, quando o ato fere essas verdades, o ser humano sofre. Quando Deus demonstra a ausência de elevação (o ser humanizado está errado) a sua motivação individual (estar certo) lhe faz sofrer.

 No entanto, muitas vezes a ação universal se coaduna com as verdades do ser humanizado e aí imagina que alcançou o paraíso, mas na verdade está sofrendo. O prazer é um sofrimento.

 A simples coincidência de verdades não pode ser considerada uma felicidade, pois não provocou a universalização das verdades do ser. Enquanto isso não ocorrer não há como entrar no gozo da glória espiritual.

 Quando há similitude de verdades entre a ação universal e o objetivo do ser, esse se sente satisfeito por imaginar que possui a verdade universal (está certo) da situação. Mas, isso não é uma realidade: é uma ilusão. No próximo momento (nova ação universal) essa mesma verdade pode levar o ser humano ao sofrimento. Poderíamos dizer que o momento da similitude houve uma coincidência, se isso existisse.

 

 Portanto, para realmente ser feliz, harmonizar-se com as coisas do Universo vivendo em um estado de não agressão (paz), o ser precisa deixar de achar qualquer coisa. Precisa deixar de ser sábio, de ter sabedoria. A verdadeira felicidade se conquista com sentimentos e não com conhecimento. Por isso, Jesus Cristo afirmou que o primeiro mandamento é amar a Deus e não compreendê-Lo ou conhecê-Lo.

 Só com esse sentimento o ser não se iludirá (terá prazer) quando houver similitude aparente entre suas verdades e as universais, nem sofrerá no momento que elas forem discordantes.

 Tudo isso Salomão nos disse nessa sabedoria. O riso é tolice e o prazer não serve para nada. A felicidade universal não se representa por atos externos, mas no íntimo de cada um, nos seus sentimentos. Ela está na paz interior, na harmonia com as coisas, com a felicidade suprema de estar vivenciando aquele segundo, a ação universal.

 O ser quando na carne não possui qualquer outra obrigação do que viver. Mesmo nas atitudes consideradas como indispensáveis à elevação (oração e caridade), não existe a obrigatoriedade. A obrigação de fazer geraria a necessidade de comandar uma ação e isso o ser não pode fazer.

 Jesus Cristo foi bem claro com os professores da lei ao dizer que os seres humanos não entenderam as Sagradas Escrituras quando elas afirmam que Deus quer que sejamos bondosos e não que queimemos incenso em Seu louvor. A bondade de um ser não está na oração que possa fazer pelos outros, mas sim em servir de instrumento à ação universal para proporcionar uma oportunidade de integração ao universo. Para isso é necessário promover ações onde o ser possa desistir de suas verdades.

 A desistência de querer ser o dono da razão pode ser alcançada muito mais facilmente quando as verdades individuais são contrariadas do que quando ocorre a similitude. Assim, fazer o que os outros não querem ou não gostem, é a verdadeira caridade.

 Mas, no momento que estiver servindo de instrumento da ação universal nesse sentido, o ser humanizado não pode imaginar que venceu, que impôs sua verdade. É preciso compreender que foi apenas instrumento de Deus, protagonizando uma ação universal. Não foi sua idéia que venceu, mas a verdade universal. Para isso é preciso alterar sua motivação, ou seja, seu objetivo de vida.

 Aqui reside o cerne da elevação espiritual. Por que você nasceu? Por que está vivo? Por que acordou hoje? Por que continua respirando?

 Pense nisso e, com certeza, alcançará a Sabedoria Universal: pela Vontade de Deus. Quando esta conclusão acontecer nascerá o desejo de participar dessa Verdade.

 

e-book A sabedoria de salomão encontrado em: www.meeu.com.br

Exibições: 62

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de Eliana Cristina Barros Torres em 15 agosto 2011 às 11:45
Muito grata.Mensagem para se refletir...Om shantí.
Comentário de Kan Semente Amarelo do Sol em 14 agosto 2011 às 14:45

Costumo dizer, e a frase não é minha, aliás, (quase tudo que se vive ou que se escreve é cópia da cópia, 'o original parece está ainda em casulo'), que: TER A INFORMAÇÃO É TER GÔTILHAS DO CONHECIMENTO. "Isso é só um cometário, meu" uma opinião, minha. Não sou dono de verdade nenhuma, e passo longe de ser 'bonzinho', no entanto estou aqui, hora em meu 'céu', outra, em meu 'inferno'. Sigamos. Sobre conhecimento e Fé. Posso lhe afirmar @migo que não sei, e isso é verdade, o que é Fé; e muitas vezes me sinto até um hipócrita e mentiroso, quando do momento em que participo de grupos como esse. No entanto, há alguma coisa... que realmente não da pra definir, não há palavras... Quanto a Fé, como disse, não sei o que é, não sinto, e isso me angustia muito; Mas vejo e conheço pessoas, que dizem ter Fé, vão nas igrejas, templos, e de muitos nomes, casas espíritas e por aí vai. Todos se dizem 'donas' e 'donos' da verdade, alguns têm até o Cristo, como propriedade particular... servem a "deus" pela e em nome da Fé. Muitos bem intencionados, outros, nem tanto, alguns são especialistas em manipulação do inconsciente e em nome de "deus' e da Fé, ajuntam fortuna$$$$$$ "contrariando o ensinamento do Cristo, aquele que diz que não junteis ben$ materiais cá na terra", criam mega-grupos... e $$$$$$ão in$$a$$$iávéi$$$$$$ e$$$$$$$$e$$$$ porta-voze$$$$$$$ do Cristo.  Geralmente esses últimos, GO$$$$TAM  MUITHO, E $$$$ÃO E$$$PECIALI$$$TA EM CAIXA DOI$$$$$$$$$$$.

E é nesses momentos @migo que me pergunto, vale ter "fé" sem conhecimento??????????

Quem gostaria de ser instrumento da mentira, de ser manipulado em nome da Fé, ou de Deus.

Não contesto nada! não estou Aqui pra isso, mas É que não sou otário, e nem bobo, "só se for o da corte???rsrsrs..."; tenho que saber de mim, de meu inferno... e transmutar, para conhecer o meu Céu, e sei! tenho Um.

E pra concluir @migo, lhe digo: Tens razão, o vinho, o vicio, o prazer, é ilusório e enganador, e é pegajoso,

tanto que, não é mais por prazer, mais por pesar, que muitos estão acorrentados, e eu sei o que digo @migo, pois só sabe do inferno, quem já esteve lá, o que eu chamo de sabedoria das sombras, mas um conhecimento para ser usado no caminho de encontro à Luz em Si... É o remédio, no próprio veneno, como na homeopatia.

Há uma composição do Taiguara que diz: QUEM NÃO SOUBE A SOMBRA, NÃO SABE A LUZ, e há Profundez nisso, e há nisso também, Clarificação... e É por aí que a banda toca nobre @migo, e apesar de tudo, seguimos por termos que seguir, e de forma Precisa, acessaremos a Unidade em Nós.

Um bom domingo a vc e à sua família espiritual. Boa sorte!!!

 

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2022   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço