Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

INFLUÊNCIA DOS ACONTECIMENTOS DA VIDA SOBRE O ESPÍRITO

(Retirado do estudo de O Livro dos Espíritos)

 O estudo do dia de hoje foi muito importante para nós porque sempre buscamos atingir as mais profundas verdades que cada um tem. Fazemos isso porque essas verdades enraizadas são inimigos desconhecidos pelos seres humanizados. Eles as tratam como amigas, como verdades, como realidades.

 

 Sempre buscamos colocar profundidade nas nossas conversas, ou seja, expor essas verdades muito enraizadas à luz do ensinamento, mas nem sempre isso é possível. Fazemos isso para não fugir ao tema que está sendo estudado. Mas, O Livro dos Espíritos é grandioso porque ele alcança uma gama muito grande de assuntos e assim, na hora certa, podemos entrar o mais profundo nos exemplos. Hoje foi um destes dias, quando falamos dos doentes mentais.

 Apegar-se à matéria ou aos acontecimentos da matéria como se eles atingissem ao espírito é uma visão materialista. Nenhum mestre deu apoio a esta visão. Krishna, por exemplo, ensina a Arjuna: nada pode cortar, ferir ou molhar o espírito. Ele falou isso porque sabe que todas estas coisas são criações de dentro do espírito e não de fora.

 Aquele que acha que quando o corpo se molha, é cortado, recebe uma bala ou é estuprado e estas mesmas coisas acontecerem ao espírito desconhece a realidade do Universo.

 Desconhece a realidade dos elementos do Universo: ser humano, espírito e matéria. Para compreendermos a realidade do Universo, precisamos fazer uma distinção clara do que é o ser humano, o espírito e a matéria. Ser humano é uma encarnação que o espírito vivencia, espírito é o princípio inteligente e matéria aquilo que o espírito utiliza para agir e age sobre ela.

 Se isso é verdade, ou seja, se o espírito se utiliza de matéria para agir sobre ela mesma, ela não pode agir sobre o espírito. Ou seja, nenhum reflexo há no espírito quando algo acontece à matéria...

 Quando nos prendemos aos acontecimentos da matéria e os levamos ao espírito, necessariamente surgirá o certo e errado, o bom e o mau, o bonito e o feio. É automático... É impossível a um ser preso a uma percepção de um acontecimento na matéria não reagir dentro do ilusório dualismo do espírito. É do querer interpretar os acontecimentos do mundo que se cria verdades para o Universo que não pertence a ele.

 Um ser humanizado, por exemplo, que se ressente de um estupro, é uma pessoa que teve seu corpo violentado e que reagiu com perturbação, ferimento e mágoa àquilo. Não foi o agente do acontecimento que causou o ferimento, a mágoa no espírito. Isso porque um espírito não pode agir sobre outro espírito, mas sim com matéria sobre outra matéria.

 Precisamos ter isso muito consciente para que não naveguemos ao leo, ou seja, seguir a corrente humana que diz que devemos sofrer e execrar aquele que pratica um ato desses.

 Libertando-nos de seguir este fluxo humano podemos, ainda, não sofrer quando um acontecimento destes acontecer com outra pessoa.

 Sofrer o que acontece com você ou com os outros não é preciso porque o sofrimento é uma escolha sentimental de cada um frente a um acontecimento do mundo. Consciente de que nada daquilo acontece ao espírito, pode, então, o ser humanizado escolher um sentimento diferente para reagir àquilo que vivencia.

 Está na hora dos seres humanizados tomarem o leme da vida na mão e não se deixarem guiar pela correnteza dos conceitos humanos. Se uma pessoa está passando fome, nenhum ser humanizado precisa sofrer por causa disso. Até porque, enquanto o ser está sofrendo não faz mais nada para ajudá-la... Ajude-a, se conseguir ajudar, mas não sofra por causa do estado dela, pois este não é o estado do espírito.

 Porque existe gente sem teto ou sem terra, ninguém precisa sofrer por isso. O espírito não tem teto ou terra...

 O que o ser humanizado precisa compreender é que o mundo material não possui o sentido que os seres humanizados querem dar a ele. O que existe é apenas um cenário que forma um mundo de provas e expiações, ou seja, um lugar para que as encarnações do espírito ocorram.

 Portanto, se uma pessoa é estuprada, ali há uma prova e uma expiação acontecendo e não um ato físico. Se alguém tem terra e outro não tem, ali há uma prova e uma expiação para quem a tem e para não a tem...

 Este é o grande detalhe: a prova e a expiação são para quem tem e quem não tem... Sim, isso é algo que os seres humanizados esquecem com freqüência: a prova e a expiação são para os dois. Os seres encarnados no mundo material acham que a prova e a expiação são exercidas apenas no sentido material, ou seja, não ter. Por isso acham que a provação e expiação são apenas para os pobres e que o rico não expia nada...

 É sobre estas compreensões que venho tentando conversar com vocês. É por isso que enfiamos o dedo na ferida mais profunda. Fazemos isso porque os seres humanizados normalmente se deixam levar quando o mundo os conclama para reagir às injustiças do mundo. Mas, não há injustiças neste mundo, porque tudo é prova e expiação merecida pelo espírito...

 Precisamos mergulhar no oceano. Ir ao fundo das questões e verificar que a correnteza das verdades humanas leva o ser a servir à humanidade, ao planeta e a materialidade e que ela é contrária ao serviço de Deus. Assumir o leme da vida não é achar que com isso conseguirá fazer o que quer, mas sim ter a consciência de que não é obrigado a sofrer quando o mundo diz que deve sofrer.

 Você não é obrigado a acusar a quem pratica determinado ato, não é obrigado a maltratar quem pratica ações que o mundo condena. Ter esta consciência é assumir o leme da sua vida...

 Durante a nossa conversa de hoje falaram sobre a lei que diz ‘não matarás’ para justificar o erro do assassino... A esta pessoa respondo com uma história bíblica que não tem a ver com este preceito, mas sim sobre a o condenar aquele que quebra a lei.

 Uma mulher, que foi pega num flagrante adultério, ato também coibido pela mesma lei que fala do ‘não matarás’, foi levada à presença de Cristo. Os professores da lei que levaram ela perguntaram ao mestre com arrogância, como desafio ao acatamento da lei por parte do mestre: e agora, o que o senhor vai fazer? A resposta foi clara: quem pode atirar a primeira pedra?

 Quem de nós pode garantir que nunca nas existências anteriores estuprou uma pessoa? Quem de nós pode garantir que nas existências anteriores nunca matou ninguém? Quando, nestas ou em outras existências, erramos, esperávamos ser perdoados, amados, mas agora nos apressamos em acusar os outros...

 Volto a repetir o que já disse hoje: não estou falando da lei terrestre deixar de dar o carma que aquela pessoa merece, ou seja, julgá-la, condená-la e dar a ela o cerceamento da liberdade que ela precisa e merece como carma. Estou falando do mundo interior de cada um dos seres humanizados. Neste mundo não pode haver a crítica, a raiva, o castigo, a penalidade. É isso que estou querendo dizer.

 Os seres humanizados precisam superar as verdades do mundo para poderem alcançar o mundo espiritual, ao invés de se aprisionarem a elas dizendo que a verdade do mundo é a de Deus. A verdade do mundo é aquilo que cada um diz que é e a verdade de Deus é aquilo que Ele sabe que é...

 Por isso o dia de hoje foi muito importante. Hoje, para aqueles que estavam aqui levantamos o véu da ignorância, o véu da ilusão gerado pelo maya em que os seres humanizados vivem. Até hoje tínhamos nos aprofundado em algumas coisas, mas hoje escancaramos a porta sobre este tema.

 Quando Cristo fala em amar a todos, fala em amar o estuprador e o bandido também. Aliás, os bandidos de então foram os companheiros de Cristo no seu momento derradeiro sobre o planeta. E ele prometeu a um deles: se creres ainda hoje estará comigo no reino do céu...

 Esta foi a importância do dia de hoje. Foi importante porque descobrimos que o mundo não pode criar sub-espíritos, seres maus que mereçam castigos, pena. Descobrimos que não podemos nos declarar executor destes castigos, verdugo de nossos irmãos...

 É nesse sentido que acho que o dia foi proveitoso, pois mexemos em bases da vida. E se vocês querem derrubar suas verdades, é preciso balançar as bases e não simplesmente ficar reconstruindo sobre as mesmas bases.

 

O livro dos Espíritos encontrado em: www.meeu.com.br

Exibições: 31

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2022   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço