Anjo de Luz

Informação é Luz , ajude a propagar

O Que Se Passa no Planeta Terra?
Caindo no Novo Mundo
Por Karen Bishop
8 de Dezembro de 2009


Bem-Vindos!

Eu estive escrevendo as mensagens de ASAS e O Que Se Passa No Planeta Terra?, talvez durante oito anos, e sempre sabendo e sentindo o meu verdadeiro propósito. Deste modo, eu sempre me senti conectada e em minha verdadeira e autêntica rotina. Em determinado ponto, como alguns de vocês podem se lembrar, eu fiz uma parada, pois eu sabia que os meus esforços estariam agora mudando, e voltei com ASAS a fim de auxiliar e validar esta mudança de propósito que estava certamente se tornando evidente para todos nós. Eu não lastimei por nenhum momento, pois eu sabia que o meu propósito então, não estava completo ainda de todos os modos.

Esta transição de nossos velhos papéis relacionados ao processo da ascensão, de criarmos agora livres e seguros em uma nova realidade, resultou em muitos de vocês se tornando completamente livres de seus velhos papéis a fim de avançarem para uma experiência muito nova. Foi o meu propósito de alma naquele momento, permanecer com o barco até que todos e cada um de vocês tivessem colocado os seus salva-vidas e chegassem à praia. Assim, me foi solicitado permanecer no barco até que a última alma tivesse partido, antes que eu pudesse então entrar em meu próprio barco salva-vidas, e colocasse os meus pés em minha praia muito nova. Este momento finalmente chegou para mim.

Eu agora terei um período de separação do meu velho papel, antes que comece os meus próprios e novos empenhos e a minha nova vida... esta total e completa separação que estou precisando de muitos modos (eu estou precisando de algumas R&R!), pois eu finalmente entrei em meu próprio barco salva-vidas,a fim de restaurar, ou melhor, fortalecer dentro de mim, meu eu verdadeiro e autêntico. Deste modo, eu estarei sem escrever durante um período de tempo, para passar algum tempo comigo mesma, simplesmente me divertindo, jogando e curtindo a vida (e visitando a minha filha e os meus netos também), até a primeira parte de Janeiro de 2010. Além de algumas tarefas muito novas, eu continuarei com ASAS? Oh, parece que sempre eu continuo, mas provavelmente elas retornarão com um novo e diferente ponto de vista em relação a onde estamos agora. Antes que eu parta por algum tempo, eu estou entusiasmada em deixá-los com esta última mensagem de ASAS, esperando que isto juntará mais uma vez o que muitos de vocês já sabem e que estamos agora experienciando. Feliz leitura, e eu aguardo ansiosamente encontrá-los novamente no novo ano!

A experiência da ascensão criou tantas coisas, interior e exteriormente, que gradualmente chegamos a aprender e conhecer um modo diferente de ser. Apenas ao escrever a palavra “ascensão” me parece agora tão estranho e obsoleto, que eu quase imagino se já foi real sob qualquer condição.

A experiência e o plano da ascensão foram realmente criados por nós mesmos aos níveis de nossa alma. Apenas este fato, nos uniu como um todo massivo, criando assim um após outro, todas as mudanças e guinadas, pois viemos vivenciá-las como um, simultaneamente. Deste modo, nós nos unimos e nos sentimos unidos, nós éramos, oh, tão unidos, e sabíamos em nosso âmago, que algo monumental estava ocorrendo, ainda que às vezes somente aos níveis de alma.

Além disto, o plano da ascensão sempre serviu para dominar todos os outros níveis da criação, pois ele segue muito elevado. Por exemplo, muitos foram orientados a mudar para áreas geográficas específicas, ou até perceberam que eram simplesmente incapazes de deixar áreas geográficas específicas, ainda que possam ter tido um forte desejo de fazer isto. Podemos nos encontrar em espaços de escuridão, incapazes de sair, pois aos níveis de nossa alma, nós concordamos prontamente em auxiliar o planeta no processo da ascensão. Portanto, nunca se tratou de atrair a escuridão porque tínhamos “problemas” ou assim por diante, mas simplesmente porque estávamos fazendo o nosso trabalho em relação à ascensão. Isto é por que as nossas caixas de ferramentas familiares nunca funcionavam em alguns casos.

Muitos adquiriram peso durante este período, e não importa o que fizéssemos, nós absolutamente não poderíamos perdê-lo, pois tínhamos concordado, novamente como um todo, de manter mais luz a fim de aperfeiçoarmos as nossas tentativas de elevarmos a vibração do planeta (Recentemente eu perdi 16 quilos e agora estou de volta ao meu peso normal... outro exemplo evidente que concluímos agora). Nós perdemos os nossos empregos, os nossos relacionamentos, os nossos amados, e muito mais, aparentemente sem controle sobre estas situações, pois elas estavam ocorrendo aos níveis de nossa alma e tudo devido ao processo da ascensão.

Oh, o processo da ascensão... e como ele aparentemente tirou os nossos poderes de criação e de experiência, pois ele assumiu o comando de tudo e qualquer coisa. A prática espiritual normal, tal como talvez acreditarmos que estamos sempre bem onde precisamos estar e nunca “indo” a lugar algum, foi até difícil de integrar neste processo de ascensão de “ir a algum lugar” (ainda que “chegamos lá”, naturalmente sem tentarmos chegar lá! Nós estamos lá ainda, estamos lá ainda?) e até permitindo a liberdade de criarmos aquilo que escolhermos, pois a nossa experiência pessoal estava absolutamente impedida pelo fato de que este “todo” criado pelo processo da ascensão era qualquer coisa, exceto individual.

Levando tudo isto em conta, finalmente após muitos anos para compreendermos o processo e o que ele criou, nós também nos acostumamos a ter as nossas mãos atadas a algum grau. Quando muitos realmente “compreenderam” o que estava acontecendo, nós então, como seres espirituais amorosos e devotados, entramos a bordo para apoiarmos o nosso processo. Deste modo, nós nos acostumamos a um modo muito diferente de ser e de viver, e isto tinha muito a ver com a ascensão, pois ela era o líder e ditava os nossos movimentos. Isto respondeu muitas questões e abrandou a nossa confusão, pois afinal, este processo nem remotamente se adaptava muito ao que conhecíamos sobre a prática espiritual e a criação, ou a utilização da energia de um modo individual. Assim, tudo incluído, as nossas liberdades aos níveis menos elevados foram afetadas de muitos, muitos modos.

Agora isto acabou. Terminou, terminou, terminou. Nós concluímos a primeira fase do processo da ascensão. E como isto não funcionou de modo nenhum em relação a levarmos todo o planeta conosco, nós estamos agora livres e desimpedidos.

Isto nos coloca em um espaço muito diferente do que em já estivemos nesta existência em particular. Até agora, o foco de nossa alma era a ascensão. Até do nascimento, pois escolhemos caminhos desafiadores e situações obscuras a fim de transmutarmos estas energias através de nós mesmos, nós estivemos neste caminho da ascensão por muito tempo. “Eu sempre soube que estava aqui com um propósito particular, mas não posso me lembrar qual é!”, era um mantra familiar que muitos de nós tivemos nos estágios iniciais. Agora muitos de nós soubemos e nos lembramos deste propósito muito real.

A Terra foi criada como um lugar para criar e experienciar. Este é o nível mais elevado e o propósito mais puro de nossa existência neste universo (e naturalmente, amar a todos e a tudo está chegando mais em primeiro plano agora). O processo da ascensão veio sob esta barreira, pois decidimos participar de um jogo e experienciá-lo como algo a fazer antes que deixemos o universo por bem (nós experienciaremos um universo muito novo quando concluirmos, assim nunca há realmente um “final”). O plano ainda não terminou realmente, pois a única mudança verdadeira foi que não fomos capazes de levar conosco todo o planeta. Assim ainda que possamos sentir um fracasso a algum grau, pois todos nós somos anjos em nossa essência e ternamente amamos cada coisa viva nesta Terra, nós somos, contudo, ainda capazes de continuarmos com a fase dois do plano... criarmos a Nova Terra e também auxiliarmos aqueles que chegaram recentemente no limite dimensional. (Aqueles que escolheram “atravessar”, são muito diferentes do que aqueles que deixamos para trás no outro mundo, em relação a solicitarem auxílio com o seu processo. Assim, deste modo, nossos serviços ainda serão necessários, pois eles serão solicitados e reverenciados.)

Assim agora, aqui estamos em um espaço muito novo. Deste modo, naturalmente, podemos estar nos sentindo desorientados, confusos, não particularmente seguros com as coisas, talvez tendo uma crise de identidade, ou até imaginando onde o chão sob os nossos pés se foi. Além disto, nós não estamos mais sendo orientados, impostos, colocados (aparentemente sem a nossa permissão) em experiências criadas pelas nossas almas que estavam criando o processo da ascensão, nem estamos em nossas rotinas habituais. Nós estamos agora em território totalmente aberto em uma barraca vazia, Nós estamos muito livres, e é precisamente esta liberdade que está tornando muito de nós desconfortáveis.

Eu me lembro de ter ouvido uma vez uma história sobre um cachorro que esteve em uma corrente curta em seu quintal por muitos anos. Um dia ele foi finalmente liberto para perambular, e ele já não podia lidar com esta nova liberdade, pois isto era muito diferente para ele. Reclusos que estiveram presos por muito tempo, têm um período muito difícil quando eles são libertos, e muitos continuam a cometer outro crime, de modo que eles possam retornar ao território familiar em que eles estavam acostumados por tanto tempo. Isto faz parte da natureza humana (ou do cão). Nós somos ainda seres humanos. Nós estamos acostumados à estrutura. Até o cosmos tem estrutura. A maior parte de nós está muito esclarecida, e certamente não está realmente no mesmo espaço que os exemplos mencionados acima, mas a nossa súbita mudança da programação interna pode ainda levar alguns a se acostumarem, assim como um processo de “cura da alma” ser atestado. Assim então, estamos agora no processo de identificar como queremos que seja a nova estrutura, e como e o que queremos criar, além de alguns solicitarem ainda um tempo de recuperação para simplesmente passar o tempo com algo ou alguém e se divertir por algum tempo. Por causa de toda esta súbita mudança aos níveis de nossa alma, e devido ao término de uma fase muito intensa, mas importante, muitos se sentirão fora do equilíbrio, vazios, e perambulando sem uma percepção clara de direção.

Mais recentemente a terra se moveu para uma rotina muito nova no cosmos. Isto criou ondas muito dramáticas de impulsionar a energia por algum tempo, mas quando esta fase estava completa, nós então sentimos uma ancoragem e um estabelecimento muito novos. Após este movimento, as coisas parecem calmas, serenas, como se estivéssemos no lar, e que talvez pudéssemos agora relaxar por algum tempo. Mas estamos ainda nos alinhando de outros modos. Ainda que a Terra esteja agora nesta nova rotina ou posição, ela está ainda “inclinada”. Esta inclinação é parte da restauração de um novo equilíbrio. A inclinação da Terra resulta então, em sentimentos de estar fora do equilíbrio de tempos em tempos, ou até que as coisas estão prosseguindo suavemente, e então eles se sentem subitamente muito “distantes”. Esta inclinação cria uma energia de “em cima, embaixo, em cima, embaixo.”

Através deste processo de inclinação, um estabelecimento ou uma mudança ocorre naturalmente também. Deste modo então, as manifestações e sentimentos iniciais resultantes da inclinação lentamente se dissipam com o decorrer do tempo, pois nos tornamos mais e mais estabelecidos dentro de nossos novos espaços energéticos. Este processo de estabelecimento e de mudança criará e fortalecerá também nossas novas conexões com quem e o que estaremos fazendo, estando, e criando no Novo Planeta Terra. Deste modo, em tempo, nós não estaremos perdendo muito o nosso equilíbrio. Com todos estes atos de ajustes e de novo equilíbrio acontecendo, não é de se admirar que possamos experienciar sentimentos de falta de percepção de espaço! Mas através disto tudo, nós gravitaremos naturalmente aonde pertencemos, e com o que pareça confortável para todos e cada um de nós.

Atualmente, há uma energia de medo percorrendo, pois muitas almas estão se sentindo desorientadas e prostradas, com pouca ou sem segurança. Quando isto ocorre, opiniões fortes fluem como uma tentativa de se apegar a algo. Onde estamos atualmente em relação ao nosso status energético, me lembra do período durante as nossas eleições presidenciais mais recentes aqui nos Estados Unidos. Havia tantas opiniões e fortes sentimentos, que se tornou desafiador eu ler o meu correio eletrônico. O mesmo está acontecendo agora, com uma nova onda de vozes ofensivas chegando as minhas caixas, com fortes opiniões de como as coisas real e verdadeiramente são, e como e por que eu estou errada, além dos ataques pessoais e conselhos e avaliações muito inapropriadas em relação à informação pessoal que eu escolho compartilhar (algumas opiniões são amorosas também, mas elas são ainda mais certamente opiniões). Uma correspondência afirmará poderosamente uma coisa quanto a um tema específico, e a correspondência seguinte afirmará o completo oposto deste exato tema. As pessoas estão percebendo as coisas de seus próprios filtros individuais de percepção.

Em Entrando Na Nova Realidade, eu menciono muito sobre os filtros através dos quais cada um de nós percebe a realidade. Os filtros são sempre muito mais densos do que os níveis mais elevados do ser, e as opiniões estão na mesma associação. Por estarmos agora nos movendo para o nosso novo estágio de contribuir com o nosso próprio e único propósito e selo, nossos filtros então, estão muito adequados em relação a quem nós somos e ao que nos referimos. Muito mais dentro de nós foi movimentado através do processo da ascensão. Nós somente precisamos utilizar estes filtros, ou contribuições nos momentos apropriados. E o mais, o mais importante, estas contribuições ou propósitos individuais precisam se ajustar a uma estrutura ou a um todo e utilizados junto com outros, se formos criar com sucesso uma realidade muito nova. Agora com o medo criando um forte apego para muitos, isto tem ainda que ocorrer, mas é apenas uma fase que estamos passando, e ela passará se formos almas sábias que eu acredito que verdadeiramente somos. Mas saibam também, que há também muitos de vocês que estão muito contentes agora, estando no olho da tempestade e simplesmente flutuando onde estão. Nossas escolhas e experiências são vastas e diferentes, todas criando um belo e surpreendente mosaico de uma grade de energia perfeitamente orquestrada.

Assim agora, nós estamos no espaço do não espaço, e também experienciando os altos e baixos criados pela inclinação da Terra. Isto me lembra de um indivíduo que eu conheço que recentemente terminou o seu casamento, e está agora neste espaço aonde o seu “novo” ainda não chegou. Afastar-se do seu casamento foi um grande passo para ela, a fim de lhe permitir avançar. Mas ela me diz que ela tem que estar continuamente vigilante em permanecer afastada do velho, pois ela e o seu marido são muito bons amigos agora, e pode ser fácil para ela voltar para esta velha rotina.

Nós retornamos ao velho enquanto estamos ainda no espaço do não espaço? É isto o que precisamos fazer a fim de nos sentirmos bem? O desconforto que muitos estão sentindo se origina do fato de que estamos afastados do velho, mas não ainda no novo. Nós estamos ainda no não espaço, pois as coisas estão ainda se estabelecendo e mudando.

Nós somos realmente os legítimos criadores do Novo Planeta Terra. Se realmente tivermos novos papéis, como os legítimos criadores do Novo Planeta Terra são estes os novos papéis. Não há regras, diretrizes, ou estruturas ainda estabelecidas para que nos acostumássemos com o processo da ascensão. Eu estava falando a uma amiga no outro dia, que é como 25 de Dezembro chegando, somente descobrimos que não há mais Natal, que nunca houve, e que agora conseguiremos criar algo muito novo e diferente para substituí-lo, ou talvez nem mesmo criarmos algo sob qualquer condição. Nós iremos ao ápice de nossas imaginações e criaremos aquilo que faça os nossos corações cantarem.

A paleta está em branco e vazia. Nós evoluímos o suficiente para que não precisemos de orientação para criar nesta paleta. Nós somos agora os nossos principais guias. Nós estamos mantendo tanta luz agora que podemos confiar que criaremos algo magnífico e maravilhoso, algo que se ajusta precisamente a cada um de nós, e saibam também, que isto se realizará absolutamente. Nós podemos utilizar a nossa própria orientação, pois agora temos carta branca e a liberdade de fazer com que isto aconteça. Se nós criamos o processo da ascensão, então podemos também criar algo novo e diferente. Nós somos criadores tão poderosos, que até sabíamos o suficiente para mudarmos o plano da ascensão e adaptá-lo um pouco, pois ele não estava funcionando como tínhamos esperado e pretendido. Nós somos realmente muito poderosos, e estamos realmente no comando. Talvez precisemos recuperar a nossa confiança, pois a mudança do plano da ascensão que ocorreu em Setembro nos tirou um pouco do equilíbrio. Mas novamente, nós sabíamos o suficiente para nos salvarmos, e para continuarmos com a próxima fase original, ainda que com uma menor quantidade de almas a bordo.

Eu acredito que alguns estejam ainda presos na velha prática espiritual, e também, ainda um pouco nos nossos velhos moldes do processo da ascensão. A nova prática espiritual se trata de ser feliz, alegre, e tranqüilo, sob o novo abrigo da criação e da experiência (agora que o primeiro nível da ascensão acabou)... significando que estes sentimentos e emoções podem ser vivenciados e criados em uma vasta série de cenários, dependendo de quem somos e dos filtros que percorrem a nossa energia. Não há absolutamente certo ou errado. Deste modo, haverá muitas, muitas variações presentes e em muitos níveis diferentes de vibração.

Além disto, outro novo e importante papel está chegando a primeiro plano também (eu suponho que eu não o chamaria exatamente de um “papel”). Com tanta mudança e altos e baixos na energia agora presentes, que podem realmente nos atingir arduamente, nós ansiamos muito naturalmente a energia agradável do amor. Com tanto acontecendo às vezes, nem mesmo importa em que rotina alguém esteja, onde estamos em algum assim chamado plano, ou até como estejam as coisas. Acima de tudo isto está a energia do amor, e isto no conecta não importa a quem, ao que, ou onde qualquer situação em particular esteja. Como alguém me disse recentemente, o amor é a versão simplificada de nosso verdadeiro propósito, e certamente ele é.

Esta experiência marcante de dar e de receber amor assumirá realmente agora como nunca, pois evoluímos a um estado de ser de vibração muito mais elevada. Assim ainda que as coisas possam estar instáveis, parecer escuro um dia e iluminado no seguinte, e nos fazer bi-polares às vezes, a energia do amor sempre nos mantém firmes, pois ela nunca pode ser afetada. Esta é realmente a energia que supera tudo o mais. Não importa então, qual seja o nosso propósito, ou como possamos ajudar o outro, quando tudo o que realmente precisamos fazer é simplesmente nos amarmos. Nós perceberemos em tempos que se aproximam que estes extremos sentimentos e ações do amor e carinho serão emitidos de nós como nunca, e para mim, é quando me sinto melhor e em melhor alinhamento com tudo. A energia do amor virá em primeiro plano como nunca em tempos que se aproximam. Isto é realmente uma parte integrante de nosso novo espaço.

As energias de abrigo são então: Experienciar, criar e amar.

Tudo dito, de alguns modos estranhos, nós estamos ainda nos recuperando do processo da ascensão. Nós estamos agora muito lenta e certamente, desfazendo alguns dos seus efeitos em relação à confiança, à confusão, à orientação, à confiança, e o mais importante, a recuperarmos o nosso novo poder novamente. Nós precisamos recuperar o nosso verdadeiro e legítimo poder e nos sentirmos bem novamente. Nós precisamos recuperar a nossa dignidade e graça, pois o processo da ascensão realmente nos atingiu (não somente com a mudança do plano, mas com os últimos dois a três anos, nos colocando em espaços mais escuros e desafiadores do que em que estivemos por algum tempo). Nós precisamos nos permitir o tempo precioso para permitir que isto aconteça... alinharmo-nos novamente com os nossos verdadeiros e autênticos eus antes que comecemos a criar o Novo Mundo e antes que comecemos a auxiliar outros que estejam no limite dimensional, tentando chegar onde chegamos.

Nós precisamos compreender que agora esta é uma nova era. Nós estamos agora em um espaço muito novo de criarmos livremente, e nenhuma de nossas novas criações tem a ver com o plano da ascensão e a suas regras aparentemente estranhas e confinantes. Nós podemos ter visões positivas e esclarecedoras novamente, e podemos saber que desta vez, nós realizaremos realmente. E para os nossos irmãos e irmãs, ou outros que tenham atravessado e estejam apenas começando o seu processo de despertar, alinhando e ascendendo, nós podemos lhes oferecer grande amor e carinho, pois apenas isto será um propósito que agregaremos como nunca, enquanto os assistimos e lhes permitimos amorosamente a sua experiência.

Com muito amor e gratidão,

Karen


--------------------------------------------------------------------------------

Tradução: Regina Drumond: reginamadrumond@yahoo.com.br
O Direito Autoral Universal 2008 está legalizado aqui. Por favor distribua livremente desde que as URL http://www.whatsuponplanetearth.com e a do site em português oficial estejam incluídas como a fonte e esta informação seja distribuída sem cobranças e sem nenhuma base comercial.

Fonte em Português: http://www.novasenergias.net/oquesepassanoplanetaterra/asas/latest.htm

Exibições: 8

Comentar

Você precisa ser um membro de Anjo de Luz para adicionar comentários!

Entrar em Anjo de Luz

Comentário de jose decio de caires em 23 dezembro 2009 às 17:54
que a luz esteja sempre convosco e te ampare nos momentos de dúvida.
Amor e Luz Sempre, JoséDécio

Seja um apoiador de Anjo de Luz

Para mantermos os sites de Anjo de Luz, precisamos de ajuda financeira. Para nos apoiar é só clicar!
Ao fazer sua doação você expressa sua gratidão pelo serviço! Lembre-se que dar e receber são aspectos diferentes do fluxo de energia no Universo.

 
Visit Ave Luz

 

PUBLICIDADE




Badge

Carregando...

Co-criando A NOVA TERRA

«Que os Santos Seres, cujos discípulos aspiramos ser, nos mostrem a luz que
buscamos e nos dêem a poderosa ajuda
de sua Compaixão e Sabedoria. Existe
um AMOR que transcende a toda compreensão e que mora nos corações
daqueles que vivem no Eterno. Há um
Poder que remove todas as coisas. É Ele que vive e se move em quem o Eu é Uno.
Que esse AMOR esteja conosco e que esse
PODER nos eleve até chegar onde o
Iniciador Único é invocado, até ver o Fulgor de Sua Estrela.
Que o AMOR e a bênção dos Santos Seres
se difunda nos mundos.
PAZ e AMOR a todos os Seres»

A lente que olha para um mundo material vê uma realidade, enquanto a lente que olha através do coração vê uma cena totalmente diferente, ainda que elas estejam olhando para o mesmo mundo. A lente que vocês escolherem determinará como experienciarão a sua realidade.

Oração ao Criador

“Amado Criador, eu invoco a sua sagrada e divina luz para fluir em meu ser e através de todo o meu ser agora. Permita-me aceitar uma vibração mais elevada de sua energia, do que eu experienciei anteriormente; envolva-me com as suas verdadeiras qualidades do amor incondicional, da aceitação e do equilíbrio. Permita-me amar a minha alma e a mim mesmo incondicionalmente, aceitando a verdade que existe em meu interior e ao meu redor. Auxilie-me a alcançar a minha iluminação espiritual a partir de um espaço de paz e de equilíbrio, em todos os momentos, promovendo a clareza em meu coração, mente e realidade.
Encoraje-me através da minha conexão profunda e segura e da energia de fluxo eterno do amor incondicional, do equilíbrio e da aceitação, a amar, aceitar e valorizar  todos os aspectos do Criador a minha volta, enquanto aceito a minha verdadeira jornada e missão na Terra.
Eu peço com intenções puras e verdadeiras que o amor incondicional, a aceitação e o equilíbrio do Criador, vibrem com poder na vibração da energia e na freqüência da Terra, de modo que estas qualidades sagradas possam se tornar as realidades de todos.
Eu peço que todas as energias e hábitos desnecessários, e falsas crenças em meu interior e ao meu redor, assim como na Terra e ao redor dela e de toda a humanidade, sejam agora permitidos a se dissolverem, guiados pela vontade do Criador. Permita que um amor que seja um poderoso curador e conforto para todos, penetre na Terra, na civilização e em meu ser agora. Grato e que assim seja.”

© 2021   Criado por Fada San.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço